ZEN DICAS & MUSICAIS

CIRCULO ZEN,

Sejam bem vindos ao ZEN DICAS & MUSICAIS.


Apresentamos teorias, informações, previsões, profecias e idéias que devem ser vistas apenas como caráter especulativo. Não queremos doutrinar, afirmar ou convencer ninguém..

Tento colocar um pouquinho de cada coisa que gosto de estudar. São assuntos diversos muitas vezes que nem sei de onde peguei, mas são temas aos quais me identifico. Se o autor de algum texto deparar com ele escrito aqui, não se irrite, ao contrário, lisonjeie-se em saber que alguém admira seu pensamento.

Não há religião superior à verdade, o importante é a nossa convivência de respeito mútuo e amizade, sempre pautados na humildade, no perdão e na soliedaridade.

Autoconhecimento, Filosofia, Espiritualidade, Literatura, Saúde, Culinária, Variedades..

Tudo isso acompanhado de uma Zen Trilha Sonora com muito Alto Astral.



“Citarei a verdade onde a encontrar”.
(Richard Bach)


ZEN DICAS & MUSICAIS.
VIVA O AGORA !
NAMASTÊ.

NUNCA PERCA A CURIOSIDADE SOBRE O SAGRADO!

Albert Einstein

circulo zen

14.9.08

2012... UMA DATA...

2012... uma data...

Dando continuidade á questão do tópico 'Sem chegar a extremos... mas faz sentido...' penso que devo dizer também, que em muita informação que tenho colhido, lido e identificado, muita coisa faz realmente sentido...

Bem, somos todos kins planetários caminhando pelas ondas encantadas do tempo quadridimensional, aspirando pela integridade da nossa personalidade, que interpreta 3 papéis diferentes dentro do Encantamento do Sonho Galáctico:

O papel do hólon:
O hólon, ou o equivalente quadridimensional do ego, na terceira dimensão, é o nosso ser imaginativo que nos identifica com pessoas, lugares e acontecimentos não acessíveis à nossa forma tridimensional. É a nossa livre vontade do poder da imaginação.

O papel do ego:
É o ego que integraliza os papéis quadridimensionais no espaço-tempo tridimensional, interagindo hora em uma, hora em outra dimensão.

O papel do kin planetário:
O kin planetário exerce a mediação entre o hólon e o ego. Quando o ego tridimensional se identifica com sua firma galáctica (ou com o seu hólon) ele se torna, de fato, um viajante quadridimensional agindo de acordo com a Lei do Kin.

A Lei do Kin é quadridimensional e é a única lei conhecida pelo hólon e reconhecida pelo Universo, auto-regulada por três princípios básicos:

AUTONOMIA
Pela autonomia, todo hólon tem liberdade para explorar a imaginação em busca de suas metas. É impossível um hólon impor-se a outro hólon, ou impedir qualquer hólon de exercer a sua livre vontade ou o seu livre-arbítrio.

IGUALDADE
Pela igualdade, todos os kins planetários têm direitos iguais de lugar e poder no Encantamento do Sonho Galáctico. O kin planetário consciente conhece e é hábil na leitura dos oráculos do Encantamento do Sonho.


LEALDADE
Pela lealdade, o ego deve ser fiel ao executar as instruções do hólon, com a mediação do kin planetário..

**************************************

" O motivo de estarmos hoje 'nesta' situação caótica do planeta Terra é justamente um erro no tempo.

Um erro que nos aprisionou numa falsa frequência de tempo - 12:60 - (12 meses irregulares do calendário gregoriano : 60 minutos da hora mecânica do relógio).

Por causa desse erro, criou-se uma fenda que distancia cada vez mais a expressão do 'hólon' pelo 'ego', anulando a medição do 'kin' planetário, tornando-nos desleais a nós mesmos, cegos e sem memória. Insatisfeitos e totalmente distantes de tudo o que compõe a biodiversidade do nosso Planeta.

Agimos maquinalmente, comandados pela hora do relógio mecânico, dinheiro, governos e política de defesa por meios do poder bélico, e, assim, penetramos num rodamoinho cada vez mais acelerado de nossa própria destruição.

Mas como nada acontece por acaso, chegou o momento de nos libertarmos.

Agora que sabemos da existência desse erro terrível - como diz um argumento de marketing (12:60) detectado o erro, detectada a solução. E a solução está disponível para todos. Trata-se apenas de uma questão decisória: De que lado ficar?

Do lado do erro, da prisão, do medo, da autodestruição da civilização humana? Ou do lado da verdade, da auto-libertação, da harmonia entre vidas planetárias, do amor universal?!"


A escolha é de cada um.

Einstein disse "O tempo é a quarta dimensão"; mas ele morreu antes de poder desvendá-lo.

A proporção 12:60 do calendário gregoriano (12 meses com hora de 60 minutos) equivale à fórmula (E = mc²)t = $ (energia mecânica fatorado por tempo = dinheiro).

Esta proporção é uma conspiração das forças conjuntas de Júpiter e Saturno que causaram danos irreparáveis nos planetas Maldek (asteróides) e Marte; e, a seguir lançaram o mesmo vírus no planeta Terra que seria o terceiro do nosso Sistema Solar a ter sua civilização completamente destruída.

A proporção do tempo 12:60 é baseada num disco plano e refere-se ao espaço e à mente na terceira dimensão. Enquanto o Encantamento do Sonho da História foi sendo gravado nesse disco plano, os dons da magia (dons da magia = dons espirituais) que os kins planetários (humanos) teriam direito de receber durante a gênese do macaco (gênese do macaco = iniciação do conhecimento) foram sendo armazenados em um castelo à parte - O Castelo Verde Central do Encantar.

Agora, esses dons podem ser reclamados e vivenciados por todos aqueles que assim o desejarem. (Castelo = ciclos de 52 anos ou múltiplos de 52. Castelo Verde Central do Encantar = período de mais ou menos 5 200 anos da história da humanidade, desde -3 113 (a.C.) até 2012 d.C.).

O tempo na quarta dimensão é radial, disparando em todas as direções a partir de um momento sempre presente (AGORA), criando uma holosfera com funções sincrônicas cada vez mais complexas. O tempo quadridimensional processa-se em ondas que constituem um perfeito programa de coordenadas que permitem aos kins planetários viajar no tempo, decifrar seus próprios códigos e penetrar na verdadeira história de nossa estrela preferida...

O disco plano da proporção 12:60 esgotou sua possibilidade de gravação a 16 de agosto de 1987 (com a Convergência Harmônica), estando a partir de então com sua agulha aos saltos frenéticos, causando sons estranhos, dissonâncias e "dejá-vus" que ocorrem com insistência desenfreada...

O grande despertar começou!

Com base na pesquisa efectuada por José Argüelles, phD em História da Arte, que dedicou 40 anos de sua vida pesquisando a cultura maia, os maias clássicos da América Central, e decifrando seus códigos, a sua matemática e os seus calendários, especialmente o Calendário Sagrado que chamavam Tzolkin.

Os Argüelles descobriram, em dezembro de 1989, a Lei do Tempo dos Sistemas Totais, que estabelece o nosso Planeta, o Sistema Solar e a Galáxia em uma única freqüência do tempo, cujo poder de sincronização mantém a unidade e a integralidade do Sistema Galáctico como Um Todo, uma Ordem Unificada.

A Lei do Tempo é um descobrimento científico fundamental que, inevitavelmente, deverá alterar os nossos mais importantes pontos de vista da realidade. Enquanto o espaço é fisicamente mensurável, o tempo é da mente. A mente não é mensurável fisicamente, nem o tempo é uma função da geometria métrica.

A Lei do Tempo opera pela matemática da quarta dimensão: um sistema radial de proporções governadas por uma única freqüência solar-galáctica, 13:20 (13 tons galácticos (escala ondulatória) : 20 selos ou sinais solares (energia potencial).

A civilização Maia clássica da América Central (435/830 d.C.) conhecia a proporção 13:20, codificada como as 260 (13 x 20) unidades do Tzolkin, a “Contagem Sagrada dos Maias”. A proporção 13:20 pode ser compreendida como uma onda de baixa freqüência, cuja unidade planetária mínima é UM KIN, uma rotação dia e noite da Terra em seu próprio eixo.

Todas as espécies biológicas do nosso planeta são obedientes ao ritmo solar-galáctico dia e noite, modificado pelas 4 fases da lua. A freqüência 13:20 governa o ciclo biológico anual da espécie humana, por um ritmo de 28 dias repetidos treze vezes ao ano.

Este ciclo anual é perfeitamente regulado pelo ciclo galáctico quadridimensional de 260 unidades cujo propósito é manter o ritmo biológico da espécie humana em harmonia com a sua Biosfera, o Planeta, o Sol e a Galáxia.

A quarta dimensão, do tempo, regula, contém e governa o espaço tridimensional e não o contrário. Como a Lei do Tempo representa uma ordem superior de conhecimento, o seu descobrimento inclui o descobrimento correlacionado da freqüência artificial do tempo 12:60 ou tempo tridimensional (o erro, o vírus).

A partir desta descoberta o Dr. Argüelles juntamente com sua esposa Lloydine, desenvolveu um conjunto de ferramentas (jogos), que ele diz ser um presente da Federação Galáctica, para ensinar os interessados a correlacionarem as datas gregorianas da freqüência do tempo incorreta 12:60 com as verdadeiras funções do tempo, cuja freqüência é 13:20.

O objetivo é corrigir essa distorção tão prejudicial e colocar a humanidade novamente em sintonia com a sua própria natureza e de todas as demais espécies existentes na biodiversidade do planeta Terra.

Desde 1993 até 2001 o casal viajou pelo mundo difundindo a mensagem da Profecia Maia de Pacal Votan - o Telektonon (um jogo para meditar) - e o Plano de Paz e de Mudança para o Calendário de 13 Luas.

Atualmente seu trabalho continua, agora todo conectado por uma rede mundial de PANs ou Rede de Arte Planetária.

Qualquer pessoa que se sinta auto-convocada pode fazer parte desta rede e desenvolver actividades visando tornar a descoberta científica da Lei do Tempo consciente e conhecida para todos.

Falar sobre calendário, por que?

O calendário participa da nossa evolução, tornando consciente o que estava inconsciente.

O calendário é um instrumento que serve para medir o tempo.

Há basicamente 2 tipos de calendários: o Calendário Lunar que segue o movimento sinódico da lua (+ - 29,5 dias) de lua nova a lua nova. Esta medição é incompleta e, embora seja praticada por diversas culturas, ela leva a uma evolução patriarcal (de comando essencialmente masculino).

O outro é o Calendário de 13 Luas com 28 dias cada uma + 1 dia extra. Esta medição leva ao equilíbrio, porque obedece a todos os movimentos de um Sistema Inteiro (galáxia - estrela - planeta - satélite ...). Esta forma de praticar o tempo leva a uma cultura unificada e integrada à natureza: livre, pacífica, responsável e feliz.

O Calendário Gregoriano é um psêudo calendário solar, que esconde a 13 ª Lua entre seus números.

Esta medição é um vírus de memória que ataca, confunde e destrói os nossos sistemas de comunicação natural (sentidos: percepção, intuição, telepatia), tornando-nos incoerentes, frustrados e sem memória, conduzindo-nos a um erro de interpretação da vida, à degradação moral, à corrosão da biosfera terrestre e à nossa conseqüente auto-destruição.

A falsa freqüência do Calendário Gregoriano é uma trapassa que nos leva a pensar que não podemos viver sem dinheiro e que é lícito conviver com a desigualdade social, a ilusão do poder, de governos, polícia, armas e guerras, doenças...

12:60 = 12 meses com hora de 60 minutos para GANHAR A VIDA!?





Pagamos para nascer, para viver e até para morrer...

ISTO É GANHAR A VIDA!?!!!

O CALENDÁRIO GREGORIANO E SUAS UNIDADES IRREGULARES DE MEDIDA (MESES)
jan.31 dias - fev.28 ou 29 - mar.31 - abr.30 - maio 31 - jun.30 - jul.31 - ago.31 - set.30 - out.31 - nov.30 - dez.31: uma medida plana e descontínua de passado - presente - futuro, com nomes de meses obscuros e/ou de significados incoerentes.

Exemplo: setembro (vem de sete) é o mês 9; outubro (vem de oito) é o mês 10; novembro (nove) é o mês 11; dezembro (dez) é o mês 12... uma zona apocalíptica a nos orientar para um tempo final, com o fim do mundo.

Fim do mundo?

ou

Fim dos tempos?!

O CALENDÁRIO DE 13 LUAS COM 28 DIAS obedece a um ritmo de continuidade cíclica espiralada e radial. Sem começo, não tem fim porque os ciclos se reciclam! Mas tem propósito e objetividade.

No conceito do tempo falso 12:60 t = $ (DINHEIRO).
A fórmula do tempo real, contínuo-radial, quadridimensional e natural é T(E) = TEMPO É ARTE! Arte é tudo o que existe. Nós somos uma obra de arte, assim como tudo o que existe é uma obra de arte da Natureza para embelezar a vida e desfrutar de um propósito sagrado para existir.



PORQUÊ SEGUIR UM CALENDÁRIO?

Os calendários estão diretamente relacionados com a evolução humana, por isso influenciam e são importantes na nossa vida. Tudo o que somos e vivemos está registrado física e espiritualmente sobre um calendário.
O calendário atual seguido mundialmente não tem base científica nem espiritual do Tempo. Adotado em 1582 por um decreto do Papa Gregório XIII, este calendário é apenas uma pequena modificação do Calendário Juliano, baseado em um círculo plano dividido em 12 partes iguais, utilizado pelos babilônicos e egípcios, na construção de seus calendários solares.

O círculo plano refere-se à divisão espacial do Tempo; mas Espaço não é Tempo. O Tempo é uma Lei superior, da Quarta Dimensão. Enquanto o Espaço – 3ª Dimensão – é físico, o Tempo é mental e se constitui no Reino da Imaginação. A percepção da Realidade no Espaço físico depende de como praticamos o nosso Tempo – a nossa mente imaginativa. Se o estamos a praticar com base em medições (calendários) distorcidas da Realidade, as nossas percepções da Realidade também serão distorcidas.

É como se estivesse-mos a ouvir uma emissora de rádio ou assistir a um canal de TV através de uma sintonia desajustada. O que ouvimos são apenas ruídos e o que vê-mos são são imagens baralhadas que não entende-mos.

Então os calendários são como se fossem os nossos aparelhos de rádio ou TV em relação ao Tempo. Como só há uma única Emissora Universal do Tempo cuja modulação de freqüência é 13:20, qualquer outra modulação não vai nos permitir uma sintonia perfeita e assim perdemos a percepção de nossa realidade mental - imaginativa – espiritual.

Qualquer freqüência desajustada do Tempo interfere diretamente no Plano Físico causando debilidades, doenças, desajustes psicológicos e sociais, etc., que nos levam a um Mundo que além de não evoluir mental e espiritualmente falando, ainda cai em uma profunda depressão com conseqüências desastrosas imprevisíveis.

A Natureza e tudo o que nela existe é fiel à sintonia perfeita do Tempo Universal 13:20. Tudo na Natureza obedece aos ciclos universais de dia/noite, estações do ano, procriação e preservação da espécie e da vida. Todas as espécies da Natureza fazem isto inconscientemente ou a nível apenas instintivo.

O ser humano é a espécie encarregada de desenvolver consciência, que vai desde inconsciência cósmica até consciência coletiva cósmica, chegando a alcançar um nível puramente mental – espiritual.

O ser humano somente conseguirá entender a função dos calendários quando se dispuser a entender o Tempo.

Para isto precisamos começar ou recomeçar as nossas práticas espaciais-mentais, sincronizando os nossos sentidos com a freqüência bem ajustada da mente – temporal – imaginativa – espiritual, através da modulação de freqüência 13:20, que somente o Sincronário de 13 Luas com 28 dias cada uma + 1 dia especial pode nos proporcionar.

O Tempo é Agora! Nossa mente está madura...


... para já... pensem nisto e perguntem a vocês mesmo se faz sentido... e se fizer... procurem mais informação, questionem, partilhem pensamentos e mudem as acções habituais...

retiradohttp://utopia-dos-sentidos.blogspot.com

2 comentários:

isabel disse...

É bom saber que a partilha de ideias é realmente partilhada;-)
O texto é o apanhado de leituras, as fotos são de Fernando Costa.

Abraço.
Namaste
Águia Galáctica Azul

ZEN DICAS MUSICAIS disse...

Muito obrigada Isabel.. tb fico muito feliz em estarmos na mesma sintonia..
Viva O Agora!Namastê.
Z.D&M.